Notícias

A Comissão de Assuntos Trabalhistas da Confederação Nacional do Transporte (CAT/CNT) realizou mais uma reunião ordinária, nesta quarta-feira (21/6), na sede da Confederação, em Brasília, com a presença da ABTC.

Apesar de o texto do governo ter sido rejeitado na Comissão de Assuntos Sociais, por 10 votos a 9, a reforma trabalhista ainda vai passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, por fim, pelo plenário do Senado.

A audiência pública abre na próxima sexta-feira (23) e segue até o dia 9 de agosto. A previsão é que o edital seja publicado no segundo semestre de 2017 e o leilão ocorra no primeiro trimestre de 2018.

A MP 774 desagrada às empresas que perdem os benefícios fiscais – como as de tecnologia da informação, calçadista, moveleiro, varejista, transporte e de call centers.

A proposta de reforma trabalhista (PLC 38/2017) deverá avançar bastante. Nesta terça-feira (20) a proposta será analisada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

TOP