Documento sem título

Notícias

Mais conhecida como “Não foi acidente”, a proposta prevê o aumento da pena para motoristas embriagados responsáveis, principalmente, por causar mortes ao volante. A pena pode variar de 5 a 8 anos.

Terça, 05 Dezembro 2017 09:29

Proposta prevê isenção para caminhoneiros

O projeto também permite que associações, sindicatos e cooperativas de transporte rodoviário de cargas atuem para reparar danos dos associados nos casos de roubo, furto, colisão e incêndio.

Entre os cinco produtos mais roubados nas estradas do Rio de Janeiro está o cigarro. Neste mercado, a indústria estima que hoje metade do que é vendido no país seja resultante de roubo ou contrabando.

A Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador 2017, divulgada pela CNT mostra que as empresas de transporte começaram a se recuperar da recessão econômica que afetou o país nos últimos quatro anos.

A Comissão Especial do Transporte Rodoviário de Cargas (PL 4860/16) pode votar na próxima terça-feira (5) o parecer do relator, deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP). A reunião está maracada para as 14 horas, no plenário 5.

TOP