Objetivos e metas

Criada em 16 de março de 2000, a Associação Brasileira de Logística e Transporte de Carga – ABTC é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que tem como missão defender os legítimos interesses do segmento de logística e transporte de cargas, em todos os seus modais, visando o aperfeiçoamento e o crescimento destas atividades, tornando-as instrumentos de sustentação da economia do País.

A entidade, que tem sede em Brasília e atuação em todo o território nacional, congrega empresas de transporte de cargas e entidades de classe representativas deste segmento. Seu presidente é o empresário Pedro José de Oliveira Lopes.

Conquistas – ABTC coleciona conquistas em prol do transportador:

- A instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, que investigou o crescente número de roubos de cargas no País;

- A participação em debates sobre diversos projetos de lei que afetam o setor de transporte;

- Participação em reuniões do Ministério dos Transportes, ANTT, Congresso Nacional e vários órgãos ligados ao setor;

- Realização anual do Congresso Nacional Intermodal dos Transportadores de Cargas da ABTC e da Feira Automotiva, que reúne representantes de todos os modais, técnicos, lideranças e autoridades de todo o País;

- A luta pelo disciplinamento do setor, por meio de projeto de lei que ora tramita no Senado Federal;

- A luta pela federalização do crime de roubo de cargas, já aprovada em lei e sancionada pelo Presidente da República;

- Regulamentação do transporte de cargas, favorecendo investimentos no setor e evitando a concorrência predatória

 

As principais metas da ABTC são:

- Acompanhar politicamente a tramitação das proposições legislativas ligadas ao setor bem como as Resoluções Normativas expedidas pelo Conselho Nacional de Trânsito;

- Assistir ao transportador de carga de todos os modais por meio da prestação de serviços fornecendo informações do interesse da categoria;

- Expressar os legítimos interesses dos transportadores de carga de todo o país na esfera federal, perante os órgãos de administração pública e no Congresso Nacional, instalados em Brasília, mesmo local de sede da entidade;

- Defender junto ao Governo Federal o aperfeiçoamento das operações de logística e transporte de cargas, com vistas à adoção de políticas públicas que promovam a qualidade e a produtividade do setor e que contribuam para o fomento da prática da multimodalidade, para a preservação do meio ambiente, para a conservação de energia, para a segurança no trânsito e para a defesa dos direitos do consumidor. Enfim, para reduzir o Custo Brasil;

- Promover uma luta sistemática, na busca de dar a visibilidade e a importância que o setor de logística e transporte tem para o desenvolvimento do país;

- Promover reuniões técnicas, congressos e seminários em estreita articulação com universidades e entidades ligadas ao setor no país ou fora dele;

- Promover quaisquer atividades de capacitação profissional em benefício de seus associados;

- Articular-se permanentemente com as entidades públicas do país, na busca de recursos estáveis e permanentes, que possibilitem restaurar e manter a infraestrutura de transporte, redefinindo a divisão de trabalhos entre as entidades públicas e a iniciativa privada;

- Promover reuniões ordinárias regionais no país, descentralizadas, de forma a estimular a participação de todos, de maneira igualitária;

- Exercitar uma luta sem tréguas, no sentido de promover a restauração da malha de transporte do país;

- Zelar pela imagem pública do transporte de cargas, preservando-a e projetando-a pelos meios mais adequados;

- Atuar em segmentos críticos, visando sensibilizar as autoridades governamentais para os impactos negativos produzidos na economia, derivados de uma frota de transporte envelhecida e sucateada;

- Apoiar o Sistema CNT, identificando e sugerindo iniciativas de interesse do transporte de cargas.

  • TOP